Veja: Febre amarela: mais dez macacos com a doença no interior de SP

A febre amarela foi confirmada como causa de morte de mais dez macacos em Jundiaí, interior de São Paulo. Com a confirmação, anunciada neste sábado, 28, já somam 58 os casos positivos da doença em primatas na cidade, que está em área de risco para a febre amarela. Outros 39 casos aguardam o resultado de exames.

Em Jundiaí, 223,5 mil pessoas foram vacinadas desde que foi iniciada a campanha de imunização, em abril deste ano. Com as pessoas que já haviam sido vacinadas em anos anteriores, a prefeitura acredita que 80% da população está imunizada.

O parque do Corrupira, importante área pública de lazer da cidade, está interditado há uma semana. No Grêmio Clube de Campo, um dos principais clubes campestres privados, pessoas não vacinadas têm o acesso barrado.

Em áreas verdes dos dois locais foram achados macacos com a doença. Na segunda-feira, 30, as principais unidades de saúde vão funcionar em horário estendido, até as 20 horas. Em Campinas, Itatiba, Valinhos e Várzea Paulista, a população faz fila em unidades de saúde, neste sábado para tomar a vacina da febre amarela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *